Advertisements

Blog Archives

Colcci aposta em sobreposições e calças legging para inverno 2013

Ao que tudo indica, o militarismo reinará no inverno 2013. A Colcci mostrou suas apostas para a temporada em looks que ressaltam essa proposta militar, misturada ao estilo anos 60 que ficou claramente evidente nas peças femininas.

Para os homens, a grife aposta fundo nas sobreposições, couro e… legging. Sim, calças legging para os meninos.

A paleta de cores vai do preto ao bege, passando pelo cinza, vinho, marinho e verde. Este último impera absoluto durante boa parte do desfile.

Apesar de não ser tão fã dessas peças de couro que foram mostrada durante o desfile, confesso que muitas me chamaram atenção, principalmente as jaquetas  – em especial a verde!

Dá uma olhada nas fotos do desfile:

Advertisements

João Pimenta aposta na malandragem carioca para o inverno 2013

Um desfile bonito, com um tema clássico, mas sem ser caricato. Assim foi o desfile de João Pimenta nesse segundo dia da temporada inverno 2013 da SPFW.

O estilista trouxe para a passarela uma coleção totalmente inspirada no malandro carioca de 1930, figura imortalizada por grandes músicos como Assis Valente e Noel Rosa.

O destaque fica para as calças que, desta vez, chegam mais curtas, ora retas ora afuniladas e algumas até mesmo pregueadas.  Na cartela de cores, muito preto, tons de bege e amarelo, além do vinho, marrom e dourado. Entre os principais materiais usados pelo estilista para criar a coleção estão a sarja, o veludo e couro.

Confira alguns modelos apresentados por João Pimenta, na abertura do segundo dia da São Paulo Fashion Week:

Osklen aposta em cores sóbrias e peças confortáveis para o inverno 2013

Foi dada a largada para a sequência de desfiles que marcam o novo calendário da moda brasileira, que pretende mostrar as principais tendências para o inverno para 2013.

Osklen abriu a temporada com a coleção into the Mountains. Sóbria e, como o próprio nome já diz, com um verdadeiro clima de inverno nas montanhas. A grife investiu em materiais como o couro sintético e a lã para criar peças modernas e confortáveis – algumas um pouco exageradas para o inverno brasileiro, mas ainda assim muito bonitas.

A alfaiataria se mistura aos casacões de lã com bordados que lembram flocos de neve. Na paleta de cores, muito preto, carmim, branco, off white  e camelo.

O desfile aconteceu na Galeria Zipper, no Jardins. Dá uma olhada nas fotos:

SPFW muda de lugar, sofre alterações no calendário e perde grandes grifes nesta edição de inverno

Como já havia informado, o calendário oficial da moda no Brasil sofreu algumas modificações e desta vez acontece uma edição extraordinária para reajustar as datas que, a partir deste ano, serão apresentadas em outubro/novembro (inverno) e  em março/abril (verão). Isso ampliaria em quase 1 ano o espaço entre o lançamento e a chegada das peças às lojas, e daria ainda mais espaço para a criação das coleções seguintes. Essa foi uma mudança solicitada pelos estilistas que, agora, conseguirão respirar e se planejar melhor.

E as mudanças não param por aí. Nesta edição, o evento sai do prédio da Bienal, no Parque do Ibirapuera, e parte rumo aos jardins naturais do parque Villa Lobos, na zona oeste de São Paulo.Toda estrutura será construída ao longo do parque, com cenografia totalmente inspirada nas grandes estufas de plantas. Ideia do artista Felipe Morozini.

O line up já foi divulgado e, desta vez,  está bem menos empolgante que nas últimas temporadas. De uma semana, o evento foi reduzido a três dias e uma manhã. Até acho compreeensivo, já que as maisons acabaram de apresentar as coleções de verão 2013, em junho. Acredito que tudo se encaixará a partir do ano que vem.

 Dá uma olhada no line up:

 29.10 – Segunda-feira

12h00 Osklen
15h00 Têca por Helô Rocha
16h00 Ronaldo Fraga
17h30 FH por Fause Haten
19h00 Tufi Duek
20h00 Triton
21h00 Ellus

30.10 – Terça-feira

16h00 João Pimenta
17h30 Uma Raquel Davidowicz
19h00 Samuel Cirnansck
20h30 Lino Villaventura
21h30 Colcci

31.10 – Quarta-feira
11h30 Gloria Coelho
16h00 Alexandre Herchcovitch
17h30 Maria Garcia
19h00 R.Rosner
20h15 Vitorino Campos
21h30 Forum

01.11 – Quinta-feira
11h00 Reinaldo Lourenço

 

 

 

 

 

 

Resumo do que rolou no SPFW, temporada verão 2013

E mais um SPFW chega ao fim.  32 grifes desfilaram suas coleções e propostas para o próximo verão. Muita coisa legal foi mostrada, mas, infelizmente, nenhuma novidade. Com exceção de algumas peças, tudo o que foi apresentado nas passarelas são muito pareceidos com tudo o que já vimos antes. As roupas continuam mais “largas” com exceção da alfaiataria que está bem mais justa, visto pelo desfile do João Pimenta.

A Colcci fez uma apresentação alegre, bem colorida e com peças bem usáveis. Jaquetas em couro sintético, muitos shorts nos mesmos materiais das jaquetas e blazers. Uma coleção bem divertida, como todo desfile.

Nunca apreciei muito os trabalhos na Osklen. Não desmerecendo os trabalhos da grife, muito pelo contrário, acho que a criatividade exposta através das coleções está acima de muitas apresentadas nas semanas de moda. O fato é que não me agrada como consumidor. No entanto, isso nunca me impediu de olhar para as peças criadas por Oskar Metsavaht com os olhos críticos de alguém que, acima de tudo, aprecia a arte.

Para a coleção verão 2012/13 o estilista e médico foi buscar inspiração nos dias de sol que apenas essa estação pode nos proporcionar. Oskar foi das praias cariocas ao litoral californiano para criar uma coleção que representa um perfeito dia de sol ao à beira do mar.

João Pimenta mostrou uma coleção bem inusitada. O estilista se inspirou nas festas de folia de reis que acontecem tradicionalmente em cidades mineiras e nordestinas. O preto e o azul dominou toda a coleção, confirmando ainda mais que essas serão as cores do próximo verão. A alfaiataria apresentada pelo estilista está bem mais justa, com destaque para as sobreposições de saias plissadas com  calças e paletó.

Alexandre Herchcovitch trouxe o militarismo de volta à passarela com peças que fazem referência aos uniformes usados na segunda Gerra.  O camuflado das roupas são formados por estampas de antigos aviões da esquadra, soldados, esqueletos e até dançarinas de hula-hula. Cauã Reymond foi o convidado do estilista e fez uma única entrada no desfile com um look que lembra muito macacões de paraquedistas.

A Cavalera levou sua coleção para um ferrro velho no bairro da Mooca, em São Paulo. As peças são bem jovens e com uma pegada rock’n’ roll, que é a característica da marca. Tecidos sobrepostos com shapes bem diferentes foram os destaques da coleção.

SPFW: Ellus faz viagem ao fundo do mar

A Ellus trouxe uma coleção tendo  uma viagem noturna pela profundezas do oceano,como principal inspiração. Durante todo o desfile, um vídeo com imagens de peixes, tubarões e outras espécies marinhas, era exibido para ambientar as pessoas que assistiam na sala.

A coleção, até o momento, foi uma das mais bonitas. Modelos usáveis e nada exagerado. O leather dennin veio repaginado e com um aspecto mais metalizado. A cartela de cores está sóbria, vários modelos brancos, pretos e, como estamos vendo, o verão terá também muito roxo.  A alfaitaria para os homens é a grande aposta da Ellus. Destaque para os shorts e as camisas de nylon estampadas.

Dá só uma olhada no que foi apresentado para os homens: